fbpx

Comércio fecha, mas farmácias permanecem abertas

Mas como garantir que esses profissionais cheguem ao local de trabalho? Veja no artigo.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Comércio fecha, mas farmácias permanecem abertas
Foto: Humberto Teski
Sumário

A partir de amanhã (24/03), o comércio do Rio de Janeiro vai parar. O prefeito Marcelo Crivella determinou o fechamento obrigatório para a maioria das atividades, mas há exceções, entre elas, farmácias e drogarias.

A preocupação agora é com a circulação dos profissionais que trabalham nas farmácias e drogarias. No sábado, o governador Wilson Witzel determinou, por meio do Decreto 46.980/2020, a suspensão da circulação do transporte intermunicipal de passageiros que liga a Região Metropolitana à cidade do Rio de Janeiro.

Mas como garantir que esses profissionais cheguem ao local de trabalho?

Uma resolução conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais e da Secretaria de Estado de Transporte do Rio de Janeiro disciplinou as restrições de circulação de pessoas no transporte intermunicipal.

De acordo com a resolução, profissionais de atividades consideradas essenciais, como farmácias e drogarias, podem circular livremente desde que munidos de documento de identidade profissional, carteira de trabalho ou crachá funcional acompanhado de identidade oficial, para comprovar o vínculo empregatício nos casos de eventuais barreiras nas rodovias.

Leia também: Coronavírus: fique por dentro do resumão da semana

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para garantir seu funcionamento correto e proporcionar a melhor experiência na sua navegação.

×